A fascinante história que envolve a Cachoeira Mercúrio um dos pontos turísticos de Colíder

Foto por: Divulgação

Colíder

06/11/2021 às 09:10

Era na década de 80, o ano e a data não me lembro precisamente, mas alguns dos companheiros que fizeram parte da história e comissão que testemunho o acontecimento histórico me lembro muito bem e alguns deles podem ajudar a melhorar a narrativa do enrredo.

Foi em um domingo de manhã quando este Jornalista, na época estudante, foi convidado por outro estudante colega de turma o José Carlos Donadia conhecido como “Mornéis”, juntamente com outro colega estudante Peter Capelari da Purificação e um profissinal da Radiologia da época, conhecido como Dr Socrátes para verificar possíveis fósseis localizados em pedras em uma serra onde é hoje a Cachoeira Mercúrio.

Me lembro muito bem que o referido médico pegou alguns aparelhos para observação e escavação material utilizado em chapa de raio X, para a pesquisa preliminar.

Saímos da cidade em direção ao local, deixamos o veículo às margens da Rodovia MT 320, pois na época não tinha estrada que oferecia acesso até a cachoeira, aliás tinha muita floresta em uma região inospita.

Me lembro muito bem que chegamos as margens do rio e fomos subindo até chegar o local das Pedras com possíveis fósseis relatada comentado por José Carlos. Ao chegar na pedreira, o Dr Sócrates observou bem as pedras e logo descartou a possibilidade de ossos de animais naquelas pedras.

O colega de turma Peter Capelari não perdeu tempo e disparou, “Mórneis Pedra é e osso e osso”, e todos acharam graças da brincadeira. Mas o colega de turma de escola José Carlos ficou meio chateado com a posição do médico e com a brincadeira dos colegas. Mas o barulho de uma cachoeira bem próximo chamou atenção para ir até a queda d’água Subimos mais um pouco do Rio e fomos recompensados com a exuberância da natureza. Uma das mais bonita cachoeira da Região Norte de Mato Grosso.

Registramos com fotografias que a família do Dr Sócrates ainda deve ter da época. E ao contemplar a beleza natural, José Carlos de imediato vislumbrou o potencial turistico e revelou ao Grupo (Valdecir Chagas, Dr Sócrates e Peter Capelari da Purificação), “vou comprar esta propriedade”, o grupo levou na brincadeira. E ele posteriormente adquiriu a propriedade e deu o nome de Cachoeira Mercúrio. Uma homenagem a oficina Mercúrio da familia Donadia na época.

Está é uma história verídica que merece ser registrada por este Portal e pela História do promissor e importante município de Colíder.

Fonte: Valdecir Chagas/JVC


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário