Áudio de "missão bomba" foi gravado por traficante, diz mulher

Polícia

01/08/2020 às 07:12

Um suposto áudio do soldado Taques, no qual ele afirma para uma amiga que vai para uma missão bomba, circulou na noite de quarta-feira (29), no entanto, conforme apurou o , o áudio é do traficante William Dhiego (foto), comparsa do militar. Os dois estão entre os seis criminosos que morreram em um confronto com o Batalhão de Operações Especiais (Bope), na manhã de quarta-feira (29), no bairro Itamaraty, em Cuiabá.

 conversou com a família de Taques que afirmou que nada que estava gravado tinha relação com o policial. (veja aqui)

Alane, mulher citada no áudio, publicou o print de uma dessas matérias veiculadas em seu perfil do Facebook, e escreveu: essas foram suas últimas palavras. Além disso, ela postou diversas fotos com William e escreveu várias mensagens de luto pela morte do pai do seu filho. veja abaixo

Wiliam mandou a gravação para uma amiga chamada Amanda, na qual ele pede que se algo der errado nessa “missão bomba”, ela diga para Alane e o filho João Pedro que ele os ama. Além de pedir desculpas por seus erros para a companheira. (ouça)

A despedida que viralizou foi atribuída erroneamente ao militar Oacy Taques, que era casado e deixou um casal de filhos.

Fonte: Reporter MT


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário