Ex-namorado da adolescente é procurado pela justiça como principal suspeito do feminicídio

Polícia

26/10/2021 às 13:44

José dos Santos Silva Conceição, 23 anos, está sendo procurado da justiça, por ser o principal suspeito de ter matada a facadas Andressa dos Santos, de 16 anos, sua ex-companheira. O corpo de Andressa foi encontrado em uma região de mata atrás do bairro Morada do Bosque no último domingo (24/10).

O mandado de prisão foi expedido na noite desta segunda-feira (26/10) pelo juiz O juiz Anderson Candiotto, após o delegado Getúlio Daniel requerer a prisão do suspeito, que está desaparecido após crime.

José dos Santos Silva tem os vulgos de Zé, Neguim e Traficante e não aceitava a separação com Andressa.

A POLITEC esteve no local do crime onde Andressa Silva, de 16 anos, que estava desaparecida há 2 dias foi encontrada em uma região de mata, no bairro Morada do Bosque.

Segundo ao perito Luciano Nogueira Andressa levou dois golpes de arma branca, possivelmente faca, no pescoço e no peito e o corpo pode ter sido levado para o local, sendo que o feminicídio pode não ter ocorrido no local.

“No local lá a gente fez uma análise preliminar a gente constatou que tratava de feminicídio onde a gente pode constatar duas lesões, que são bem indicativas de feminicídio, ela tinha uma lesão grande na região do pescoço e tinha uma na região do peito, provocado provavelmente por uma faca. A gente também fez um exame em torno do local e a gente não encontrou nenhum indício que o local onde o corpo da vítima foi encontrado, foi o mesmo da agressão. A gente verificou que a vegetação estava integra, não encontramos manchas de sangue, não ser exatamente na projeção do corpo, então tudo indica que o ato ele não foi consumado naquele local,” disse Nogueira.

Noguera ainda disse que prematuramente não tem como saber há quanto tempo o corpo estava no local.

“A gente ele não consegue estimar naquele momento quanto tempo o corpo estava naquele local, porque as condições aqui nosso estado de temperatura e umidade degradam bastante, então não dá pra gente fazer uma estimativa sem fazer uma análise”, finalizou Nogueira.

Segundo informações da mãe de Andressa, era apor volta das 21:00h da última sexta-feira (22/10), quando Andressa saiu de casa, no bairro Boa Esperança II, dizendo que voltava em breve e deixou o celular para o irmão.

O irmão de Andressa ao debloquear o celular encontrou uma conversa de Andressa com o ex-convivente dela e na conversa Andressa falava que não estava bem e o ex-namorado disse que também não.

Ainda segundo a mãe de Andressa, o ex-convivente dela não aceitava a separação.

Então por volta das 21:50h, o ex-namorado de Andressa disse para ela descer para o mesmo lugar e perguntou se alguém mais sabia. Então Andressa disse que estava indo e que ninguém sabia e encerraram a conversa.

Por volta das 10:00h deste domingo (24/10), a jovem foi encontrada já sem vida por um homem em uma mata do bairro Morada do Bosque, mais precisamente na rua Jaime Barrichello.

Andressa foi encontrada com um corte profundo no pescoço.

Qualquer informação deve ser repassada a policia civil pelo 197 ou polícia militar pelo 190.

 

Fonte: JK Notícias


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário