Motociclista morre no Nortão ao bater CB 1000 contra traseira de moto 125

Juliano Nicolau estaria conduzindo a moto em altíssima velocidade

Polícia

14/01/2021 às 14:25

O motociclista Juliano Nicolau, morador de Ipiranga do Norte (438 km da Capital), que pilotava uma motocicleta CB 1000, morreu e um segundo motoqueiro, que conduzia uma moto 125cc, nome não revelado, está em estado grave, após se envolverem em um grave acidente durante a noite dessa quarta-feira (13) na MT-242, em Sorriso (420 km da Capital), a 10 km do pedágio.

Duas ambulâncias da concessionária que administra esse trecho da rodovia prestaram socorro às vítimas e às encaminharam à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde receberam os primeiros atendimentos, mas Juliano não resistiu aos ferimentos e morreu.

O segundo paciente, com quadro clínico muito grave, foi transferido da UPA diretamente para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional, onde deu entrada com diversos traumatismos e precisou ser intubado.

De acordo com uma testemunha, que passava por uma rotatória da rodovia, Juliano passou por ele guiando a moto a pelo menos 200 km/h e pouco depois viu uma nuvem de poeira subindo na via denunciando o acidente.

Então parou para ajudar e percebeu que a vítima ali, gravemente ferida, não era o mesmo que passou por ele na rotatória, pois, essa vítima estava numa moto 125cc e não poderia estar naquela velocidade. Ao verificar o veículo notaram que estava batida na traseira.

Um rastro de destroços foi deixado na pista e Juliano, que estava em altíssima velocidade e bateu contra a primeira vítima, foi encontrado a mais de 50 metros de distância no meio de uma plantação de soja também gravemente ferido.

A equipe de resgate chegou cerca de 10 minutos após o acionamento, e com ajuda de um grupo de ciclistas que trafegavam pela região, socorreu as vítimas.

A ocorrência foi encaminhada à Delegacia de Polícia Civil, responsável por investigar as causas do acidente.

Fonte: Reporter MT


Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário