Homem é morto violentamente à pauladas no Nortão

Acusado do crime foi preso pela polícia militar que isolava o local para a perícia oficial.

Foto por: Divulgação

13/10/2021 às 06:53

Autor: Juína News

Um homem identificado como Ivan Gabardo, de 48 anos, que trabalha como gerente de pátio de uma madeireira foi morto violentamente à pauladas na noite desta segunda-feira, dia 11, na avenida JK, nas proximidades da CASAI de Juína, MT. Ele estava em uma motocicleta Honda Bros de cor vermelha quando foi atingido pelo agressor que acabou sendo preso em flagrante pela polícia militar próximo das 23h30.

O Samu foi chamado, mas no local dos fatos constatou o óbito da vítima.

Segundo o Sargento PM Anderson, a guarnição foi chamada inicialmente para o atendimento de uma ocorrência de trânsito, e durante o isolamento do local, um suspeito, de cor morena, vinha em direção ao local dos fatos a pé com mochila nas costas e durante abordagem confessou aos policiais que foi ele que havia assassinado a vítima, e que estava 'meio' nervoso, dizendo que o homem da moto atropelou a irmã dele que vinha logo mais atrás.

O suspeito, Lucas Brito Da Silva, de 20 anos, natural de Várzea Grande foi algemado e colocado na viatura, e depois mostrou onde estava o pedaço de pau que havia utilizado para atingir a cabeça da vítima.

Com a batida, Ivan teria caído no chão e nesse momento o agressor tomado de fúria agrediu a vítima violentamente com  um pedaço de madeira.

Os policiais verificaram que as agressões foram tão violenta que o capacete acabou sendo destruído e havia massa encefálica da cabeça da vítima exposta no asfalto.

O local foi isolado para a perícia oficial e a polícia civil realizar os procedimentos periciais.

A versão apresentada pelo suspeito Lucas bem como outros elementos serão objetos de investigações da delegacia de polícia local.

O corpo de Ivan Gabardo permanece no IML, e após exame de necropsia será liberado para os precedimentos fúnebres aos familiares.

Fotos da notícias

Veja mais

DEIXA UM COMENTÁRIO Clique aqui

Teu email não será publicado.

Enviar comentário